Continental Tagline
Suggestions
20180205 Continental NVIDIA header
© Continental AG

A Continental e a NVIDIA tornam possível a produção de inteligência artificial para veículos com autopropulsão

  • O CEO da Continental, Dr. Elmar Degenhart: "Em conjunto, vamos disponibilizar uma solução completa baseada em IA para veículos com autopropulsão".
  • Entrada no mercado em 2021 do sistema de veículo autónomo da Continental com base no computador DRIVE com IA da NVIDIA e nos sensores da Continental

Hannover/Santa Clara (Califórnia, EUA), 5 de fevereiro de 2018. A empresa tecnológica Continental e a NVIDIA anunciaram hoje a sua parceria no desenvolvimento de inteligência artificial (IA) para veículos com autopropulsão. A entrada no mercado para funcionalidades do nível 3 está planeada para 2021.

Esta parceria permite desenvolver sistemas informáticos com IA que possam ir desde funcionalidades automatizadas do nível 2 até funcionalidades completamente autónomas do nível 5, no qual o veículo não precisa de volante ou pedais.

© Continental AG

As empresas juntaram-se para constituir equipas específicas de desenvolvimento que, em estreita colaboração, vão desenvolver soluções para veículos com autopropulsão, baseando-se na plataforma DRIVE da NVIDIA. Esta plataforma abrange o DRIVE Xavier™ da NVIDIA, o SoC (System-on-Chip) mais eficiente a nível mundial, bem como o sistema operativo DRIVE OS da NVIDIA e pilhas de software DRIVE para AV (Autonomous Vehicle – veículo autónomo). A solução de sistema para veículos com autopropulsão irá utilizar a experiência da Continental na área da engenharia de sistemas e de software para sistemas de segurança com ASIL, nível D (o nível mais alto), e vai ainda integrar uma série de tecnologias de sensores como radares, câmaras e o High-Resolution 3D LIDAR da Continental.

"O veículo do futuro é um computador com condução autónoma sobre rodas. Ele será capaz de perceber o estado do veículo e o meio circundante (Sense), deduzir as possibilidades de ação (Plan) e assumir o controlo do veículo (Act). Isto exige a capacidade computacional de um supercomputador com IA", sublinhou o Dr. Elmar Degenhart, Presidente da Direção da Continental. "Juntamente com a NVIDIA, vamos disponibilizar uma solução completa baseada em IA para veículos com autopropulsão – desde a nuvem até ao veículo. A nossa oferta tecnológica irá proporcionar aos veículos do futuro um novo nível de segurança, conforto e personalização", explicou Degenhart.

Já temos todos os elementos essenciais para levar os automóveis com autopropulsão e IA da investigação e desenvolvimento para a produção em série", esclareceu Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. "O nosso novo processador DRIVE Xavier, o software DRIVE NVIDIA abrangente e a abordagem Cloud-to-Car (para testes, validações e segurança funcional) combinados com a experiência e o alcance global da Continental, vão levar os automóveis autónomos para a estrada."

O DRIVE Xavier da NVIDIA, o cérebro do sistema da Continental, consegue alcançar 30 TOPS (Trillion Operations per Second – biliões de operações por segundo) para Deep Learning, com um consumo de energia de apenas 30 watts. Este nível de desempenho sem igual é necessário para conseguir processar grandes quantidades de dados, algo que um veículo com autopropulsão precisa de realizar. Isto abrange a utilização de redes neuronais profundas para a deteção do ambiente circundante do veículo, compreender o meio circundante, localizar o veículo num mapa de alta definição, prever o comportamento e a posição de outros objetos, assim como para calcular a dinâmica de condução e o trajeto mais seguro.

A plataforma DRIVE da NVIDIA possibilita a cooperação

Em primeiro lugar, a Continental e a NVIDIA vão desenvolver funcionalidades para uma condução altamente automatizada, incluindo a deteção de 360 graus do ambiente circundante e a mudança automática de faixa de rodagem, bem como a entrada no trânsito. Além disso, o sistema de mapas de alta definição será integrado permitindo ao veículo localizar-se a si próprio e disponibilizar atualizações dos mapas.

O conhecimento da Continental na área dos sistemas de assistência ao condutor inclui, em particular, sistemas para câmaras multifunções, olho de peixe com visão panorâmica, bem como sensores de curta e longa distância. Estão ainda incluídas as tecnologias High Resolution 3D LiDAR de alta resolução, bem como equipamentos de controlo centrais para a condução assistida e automatizada. Com os sistemas de assistência ao condutor, a Continental gerou um volume de vendas superior a 1,2 mil milhões de euros em 2016. Para 2020, a empresa tecnológica espera volumes de vendas superiores a 2,5 mil milhões de euros nesta área.

 "A colaboração com a NVIDIA vai permitir que a Continental melhore a sua posição de líder na área dos sistemas de assistência ao condutor, e que disponibilize sistemas para a condução automatizada e autónoma, desde as exigências atuais do NCAP até ao nível 5", afirmou Luca de Ambroggi, investigador e diretor analista na IHS Markit.

Contactar

Nicole Orgnon

Nicole Orgnon Vice President Communications Chassis & Safety Division Continental AG Telefone: +49 69 7603-6000 E-mail: